Cancelamento de passagem aérea será revertido em crédito para compras



A juíza de Direito Marian Najjar Abdo, do JEC de Santo Amaro/SP, deferiu liminar para que quatro consumidores tenham suas passagens aéreas canceladas em razão da pandemia do coronavírus. O cancelamento, no entanto, fica condicionado a crédito para a compra de novas passagens. A magistrada decidiu que, além do cancelamento, seja concedido aos autores, sem imposição de multa contratual, créditos para a compra de novas passagens,que deverão ser utilizadas no prazo de 12 meses, contados das datas dos voos contratados.O prazo para cumprimento da decisão é de 10 dias, sob pena de multa diária de R$ 2 mil,limitada, por hora, a 10 dias.A advogada Cassia Bianca Lebrão Cavalari Ferreira, do escritório Lebrão Ferreira Advogados,atua pelos consumidores.


Fonte: Migalhas

1 visualização0 comentário